Escola de Musica Improviso

Como se processa o Desenvolvimento Musical da Criança? PDF Versão para impressão Enviar por E-mail



DESENVOLVIMENTO MUSICAL DA CRIANÇA

Cada crianças é única e desenvolve-se segundo o seu próprio ritmo. No entanto, há um padrão de desenvolvimento no âmbito musical que é comum a todas elas. 

 



ETAPAS


ANTES DO NASCIMENTO

  • Uma criança no ventre materno ouve sons 20 semanas após a concepção. 

 


DOS 0 AOS 18 MESES

  • Da concepção até aos 18 meses o seu filho desenvolve-se rapidamente e a sua resposta à actividade musical é não só gratificante mas altamente benéfica para o seu deenvolvimento geral.

 

  • Quando nascem podem já ouvir sons agudos, podem acalmar-se com sons graves  e localizar sons produzidos à sua frente. Assustar-se-ão com sons repentinos e altos.

 

  • Por volta das quatro semanas preferem os sons agudos e começam a responder ao som da voz dos pais. São capazes de reconhecer se o som vem de frente ou de trás.

 

  • A partir dos três meses podem já responder activamente à música através, por exemplo, do balanceamento ou da mudança de posição. Podem já vocalizar sons vogais como o «aaah», «eeeh» ou «oooh».

 

  • Às 20 semanas começam a reconhecer as vozes familiares e a responder de modo diferente a vozes estranhas. 

 

  • Por volta dos 6 meses começam a imitar sons.

 

  • Às 28 semanas começam a olhar em direcção a sons produzidos por cima ou por baixo de si e a distinguir melodias.

 

  • Aos 9 meses começam a responder a melodias familiares. O seu palrar pode seguir um padrão semelhante.

 

  •  A partir de 1 ano de idade perderão a capacidade de ouvir sons muito agudos mas começam a descobrir o pulso musical e a criar sons ao martelarem com objectos de brincar.

 

  •  Algumas crianças dizem as primeiras palavras aos 8 meses. A maioria começa a falar a partir dos 18 meses e algumas demoram mais algum tempo. Cantar para o seu filho pode ajudar a acelerar o processo.

 


DOS 18 MESES AOS 3 ANOS

  • A partir dos 18 meses as crianças podem começar a responder à música de um modo coordenado.

 

  • A capacidade da fala pode desenvolver-se mais rapidamente através do canto e da imitação. 

 

  • - O movimento e a resposta à música podem ajudar a desenvolver a memória e a coordenação mãos/olhos.

 

  • Aprendem a distinguir sons altos e baixos, rápidos e lentos.

 

  • Começam a tomar consciência  de uma batida na música e a reconhecer ritmos diferentes.

 

  • Começam a aprender as palavras de canções simples e a desenvolver a coordenação necessária para tocar instrumentos simples, nomeadamente tambores e campaínhas. Isto sucede quando começam a cooperar com outras crianças.

DOS 3 AOS 5 ANOS

  • As crianças começam a ter maior consciência da intensidade e ritmo dos sons.

 

  • Aprendem a cantar canções mais complexas à medida que evoluem as suas capacidades de fala e as suas cordas vocais.

 

  • Enfrentam melhor as sofisticadas variações da música.

 

  • Tem mais prazer em tocar e explorar novos sons de novos instrumentos musicais. 

 


DOS 5 AOS 7 ANOS

  • As crianças adquirem maior força vocal, aumentando a sua amplitude. 

 

  • Desenvolvem uma melhor memória musical através da repetição de canções e de padrões. Começam a compreender conceitos musicais simples.

 

  • São capazes de tocar instrumentos simples de percussão e, dada a oportunidade, serão capazes de elaborar curtas melodias em instrumentos de teclas e xilofones.

 

  • Algumas crianças podem desenvolver por esta altura uma paixão pela música pop, embora também possa acontecer mais cedo.

 

  • Esta é uma idade crucial que necessita de encorajamento porque muitas crianças, especialmente os rapazes, páram naturalmente de cantar e mostram-se relutantes em continuar com a prática de instrumentos musicais. 

 


DOS 7 AOS 11 ANOS

  • As crianças podem actuar e compor com uma maior confiança.

 

  • Talvez possam querer aprender um instrumento.

 

  • Tornam-se mais familiarizadas com computadores e começam a descobrir a tecnologia musical.

 

  • Desenvolvem o gosto pela música. - Aprendem a improvisar.

 

  •  - Começam a discutir e a avaliar a música. 

 

 

DOS 11 AOS 14 ANOS

  • Começam a experimentar as alterações físicas decorrentes da puberdade e adolescência.

 

  • A partir dos 11 anos, a voz dos rapazes começa a mudar e a das raparigas tornar-se mais profunda. Estas alterações podem ocorrer muito mais tarde.

 

  • Podem «adoptar» um instrumento musical ou até dois.

 

  • Podem eventualmente decidir fazer um exame no ensino oficial. 

 

  • Desenvolvem a técnica vocal e a expressão vocal.

 

  •  Podem começar a aprender a pensar a música de uma forma mais crítica e analítica.

 

  • Ganham conhecimentos mais avançados em computadores e em Tecnologias de Informação e Comunicação.

 

  • Podem começar a pensar em enveredar por uma carreira musical.

 

  • Desenvolvem a sua própria identidade musical.

 

  •  Podem desenvolver uma paixão pelos desafios que a música proporciona.  

 


DOS 14 AOS 16 ANOS

  • Podem começar a pensar em seguir apenas o ensino da música.

 

  • Podem começar a pensar em seguir uma carreira na música, seja como DJ ou como maestro de musica clássica.

 

  • Se não aconteceu já, a voz dos rapazes começa a mudar e a das raparigas torna-se mais profunda. 

 

  • Aprendem a articular as suas opiniões sobre música e a justificar as suas paixões musicais. - Podem decidir aprender a tocar um ou dois instrumentos.   

 


16  E MAIS ANOS

  • Podem começar a planear a entrada no ensino universitário musical. - Podem começar a concretizar o início de uma carreira musical.   
 

Newsletter




Horário e calendário

Escola de Música Improviso  : Home FAQ Aulas para bebés, crianças e adolescentes Como se processa o Desenvolvimento Musical da Criança?